K.O.: O nocaute remix da drag Pabllo Vittar

  • Rose Melo Rocha
  • Danilo Postinguel
Palavras-chave: Pabllo Vittar. Subjetividade remix. Drag-ativismo

Resumo

Discutimos neste artigo aspectos das políticas de visibilidade e da estética ativista articulada pela drag brasileira Pabllo Vittar, apontando como chave de leitura o entrelace entre subjetividade e cultura remix. Os modos de presença e as formas de resistência identificadas na performance pública de Vittar apontam ainda para um modo peculiar de drag-ativismo, que negocia e ultrapassa as fronteiras de gênero e de estilos musicais. Pós-periférica, a cantora transita pelos entremeios e interstícios de urbanidades e tecnicidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
24-12-2017
Como Citar
Melo Rocha, R., & Postinguel, D. (2017). K.O.: O nocaute remix da drag Pabllo Vittar. E-Compós, 20(3). https://doi.org/10.30962/ec.1416
Seção
Cultura